26 de janeiro de 2015

A Fúria dos Reis: As Crônicas de Gelo e Fogo por George R. R. Martin

Livro II

Autor: George R.R. Martin
Editora: LeYa Brasil
ISBN: 9788580440270
Ano: 2011
Páginas: 656

Classificação: 
Um cometa da cor do sangue e fogo atravessa o céu. E a partir da cidade antiga de Dragonstone às margens proibidas de Winterfell, reina o caos. Seis nações lutam pelo controle de uma terra dividida e pelo Trono de Ferro dos Sete Reinos, preparando-se para o embate através de tumulto, confusão e guerra. É um conto em que irmãos conspiram contra irmão e os mortos se levantam no meio da noite. Neste lugar uma princesa se disfarça como um garoto órfão, um cavaleiro espiritual prepara um veneno para uma feiticeira traidora, e homens selvagens descem das Montanhas da Lua para devastar o campo de batalha. Com um pano de fundo incesto, alquimia e assassinato, a vitória pode chegar aos homens e mulheres possuidores do aço mais frio … e corações mais gelados. Quando há um confronto entre reis, toda a terra treme. 

Atenção: Esta resenha pode conter spoilers

Quando comecei a ler este livro em 2013...
Pois é... Eu comecei em 2013 e só terminei agora!!! Mas eu tenho uma explicação. Na verdade, uma não. Várias.
Apesar da história ser extremamente envolvente, o número de páginas e o tamanho da fonte assusta até mesmo leitores vorazes como eu. Se o livro tem 656 páginas, você pode ter certeza que na verdade é o dobro, pois a fonte é times new roman 12, ou seja, você lê...lê...lê... e quando você pensa que já leu umas 50 páginas descobre que só foram 10.
Outro motivo para eu ter demorado tanto a ler é porque precisava dividir minha atenção com outros livros. Como ele é muito pesado (às vezes, enquanto eu lia em pé no metrô, meu braço chegava a doer... sério gente!) eu dificilmente conseguia carregar ele pra cima e pra baixo dentro da bolsa, como faço com os outros livros que leio. Por isso, no início eu lia apenas entre uma leitura e outra em casa. Até o dia que eu tomei vergonha na cara e parei de ler tudo só para me dedicar a este livro, para desespero dos meus companheiros do blog...
Mal sabem eles que eu já tenho o terceiro livro da série e que vai ser a mesma coisa...

Mas vamos a resenha propriamente dita deste livro, né?
Ao contrário do primeiro livro da série, que tinha algumas mudanças bem significativas em relação a série da HBO, este livro foi fielmente adaptado para a segunda temporada da série de tv.
Houveram algumas pequenas mudanças? Sim, mas nada que mudasse a história.
Na adaptação do primeiro livro para a série, foram omitidas informações sobre a origem real da guerra, bem como o que são os primeiros homens e o povo da floresta. Mas você pode ficar sabendo de tudo clicando aqui.

No segundo livro, nós começamos a acompanhar exatamente de onde terminou o primeiro: da queda e morte de Ned Stark.
A partir deste ponto o herdeiro de Ned - Robb - declara guerra contra Porto Real e os Lannisters, por decapitarem seu pai em um complô para tomar o poder, e se declara rei do Norte.
Em paralelo temos os irmãos do falecido rei Robert brigando entre si para definirem quem é o verdadeiro rei e sucessor de Robert, já que os filhos dele com a rainha Cercei não seriam realmente dele, mas sim frutos de um incesto da rainha com o irmão.
Com esse cenário, temos quatro reis em Westeros: Robb (rei do Norte); Jofrey (filho ilegítimo de Robert, mas, teoricamente é o rei dos 7 reinos); Renly (irmão mais novo de Robert) e Stanis (irmão do meio de Robert). Isso sem contar a "diva" Daenerys Targaryen que se encontra do outro lado do oceano, na terra dos homens livres, planejando retornar a Westeros para retomar o seu trono usurpado por Robert...

A partir deste momento teremos uma série de reviravoltas, muitas mortes e um intrincado jogo de xadrez entre os personagens a fim de definir a melhor estratégia para derrotar os inimigos e formar alianças.
Essa é a mágica desta história e o por quê, mesmo sendo enormeeeee, a série Guerra dos Tronos consegue prender a nossa atenção.
Apesar de você ter consciência de que o desafio de ler um livro tão grande é enorme, você sente que cumpriu um grande feito quando termina a leitura e apesar de ter levado bastante tempo, não se arrepende de ter passado tardes e mais tardes lendo.
Nessa história você não pode confiar em ninguém e muito menos se apegar a um personagem. Na guerra pelo trono até mesmo a família é um perigo

"Nunca gostei de você Cercei, mas era minha irmã, e nunca lhe fiz mal. Você acabou com isso. Vou feri-la por causa disso. Ainda não sei como, mas dê-me tempo. Chegará um dia em que você vai se achar a salvo e feliz, e de repente a alegria vai se transformar em cinzas na sua boca, e saberá que a dívida está paga" - Tyron falando com Cercei - pag 503

Um ponto negativo deste segundo livro é que ele é muito mais voltado para estratégias do que o primeiro, pois estamos nos preparando para as guerras e formando alianças, por isso, é menos movimentado. Algumas pessoas, que esperam por grandes batalhas podem achar o livro um pouco monótono, mas pra quem já viu a adaptação da HBO sabe que o negócio vai pegar fogo muito em breve e isso faz com que você fique super ansioso(a) por finalizar este livro e passar para o terceiro.

Algumas dicas sobre a cultura de Westeros e sobre o povo da floresta são reveladas neste segundo livro.

"Os primeiros homens acreditavam que os videntes verdes eram capazes de ver através dos olhos dos represeiros. Foi por isso que abatiam as árvores sempre que faziam guerra com os filhos da floresta. Supostamente, os videntes verdes também possuíam poder sobre os animais da floresta e as aves nas árvores. Até sobre os peixes." - pag 287

Também temos algumas informações extras sobre os irmãos Reed.

"As histórias dizem que os cranogmanos se tornaram próximos aos filhos da floresta nos dias em que os videntes verdes tentaram fazer o martelo das águas cair sobre o Gargalo. Pode ser que possuam conhecimentos secretos." - pag 472

Isso explica como Jojen e Meera sabem tanto sobre os sonhos, ou melhor, as visões verdes de Bran.
Mas Bran não é o único a ter essas visões...

"- Ele é um troca peles - disse o Senhor dos Ossos -, e um corvo. Não gosto dele".- pag 614 

A série Guerra dos Tronos requer muita paciência e persistência, mas ela é recompensada com uma história extremamente complexa com personagens fabulosamente construídos e que fará você perder horas tentando descobrir qual será o próximo passo pela casa (ou rei) que você inevitavelmente passará a torcer. Escolha a sua casa... forme as suas alianças... e prepare-se, pois "O Inverno esta chegando".
Que venha o terceiro livro e suas mais de 800 páginas! Challenged acept!

20 comentários

  1. Olá, Natália. Tudo bem?
    Eu já estou no livro quatro e adoro esse segundo, principalmente porque as coisas começam a esquentar ainda mais. Mais guerra, mais sangue e principalmente informações que eu estava curioso, como a do povo da floresta.
    Excelente resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de janeiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caracaaaaa! Quarto livro?! Que inveja!!!!! Um dia eu te alcanço...me aguarde!

      Excluir
  2. Como ainda não li essa série (mas tenho vontade), Preferi pular para o último parágrafo dessa resenha, para não ler algum spoiler e estragar a surpresa. Pelo que vi, a série continua muito boa, com uma trama bem intrincada e personagens fabulosos. Espero ler em breve. O grande problema é que fico com uma preguiça enorme de começar a ler algo tão extenso assim.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bom?
    Eu estou enrolando para começar a ler esse livro hahahaha eu li ao Guerra dos Tronos e amei, mas o problema é que o livro é enorme e estou com preguiça adorei a resenha e concordo com você que a historia recompensa a persistência em ler esse livro gigante.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Eu fico super feliz que tenha prosseguido com a leitura haha
    Muita gente desiste d'As Crônicas de Gelo e Fogo sem saber o que está perdendo! É minha série de livros preferida, junto com As Crônicas do Matador do Rei (da editora Arqueiro) que te indico a leitura se você curte esse estilo de fantasia épica.
    Olha, o 3º livro é GIGANTE mas eu sei que você vai conseguir acabar ele até que depressa. Isso por ser o livro mais animado e com a leitura mais fácil. Acontece muita coisa na Tormenta de Espadas e isso dá um ânimo danado pra continuar lendo até acabar!
    Gostei da sua resenha, me ajudou a relembrar coisas que eu tinha esquecido... Como o R. R. Martin consegue guardar tantos detalhes na cabeça? Ou mesmo os mais loucos fãs? huahuuaua
    Beijinhos!
    Amanda.
    Expresso de Nárnia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma vez eu vi uma entrevista dele (não lembro onde...) que ele dizia que às vezes liga pro fã clube de GOT e pede algumas informações que ele não lembra mais, mas que os fãs tem tudo anotado! Todas as mortes...os nomes dos personagens...até detalhes como as casas e descendências.
      0.o

      Excluir
  5. Amo GoT. Confesso que só li o primeiro livro, já que são verdadeiros monstros e por isso acabo lendo primeiro os menores e deixando eles para depois. Vejo a série e estou louca pela próxima temporada. O Martin é um gênio, adoro a escrita dele. Vou criar vergonha na cara e ler os outros livros.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Queria muuuito ler essa série, sério! Me parece ótima, porém o número de páginas como você disse, assusta, e pra mim além de assustar me dá preguiça pois quero ler ainda muitos livros e acabo que fico presa apenas nesse. Porém, tenho interesse mesmo assim... quem sabe um dia né? Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você consegue Giovanna! Vou torcer por você!

      Excluir
  7. Olha eu estou há anos com essa série para ler. Li o primeiro livro e adorei, mas por ser um livro intenso eu sempre busco o momento certo da minha vida para lê-lo e por isso faz mais de 2 anos que estou "lendo" esse segundo volume kkkkkk Mas uma das minhas resoluções de ano novo foi justamente terminar de ler todos os que já foram lançados de GoT... então assim como você vou tirar pelo menos uma semana para ler logo xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara...você realmente prometeu que iria ler todos os livros de GOT este ano? Porque se sim, eu sou tua fã! Todos os anos eu faço essa mesma promessa e ela é a primeira a ser quebrada! (normalmente as pessoas quebram primeiro a dieta, né?!)
      Eu vou tentar ser mais realista comigo mesma...vou ler o terceiro este ano...

      Excluir
  8. Oi Natália. Se prepara que o terceiro livro é o maior da saga haha vamos ver quantos anos você vai levar pra ler #brincadeira
    Eu amo ASOIAF mas já faz um tempinho que eu li os livros então meio que misturou tudo na minha mente e foi legal ler sua resenha, deu uma separada aqui na minha cabeça uahsuas

    ResponderExcluir
  9. Que bom que realmente compensa, xará. Porque a quantidade de páginas assusta qualquer um.
    Eu ainda não comecei a ler a série, mas quem sabe um dia eu deixe a coragem tomar conta de mim ;)
    Adorei a resenha e com certeza guerra e muito sangue são pedidas excelentes numa obra

    ResponderExcluir
  10. Saudações Lady Natália,
    Primeiro, parabenizo-a pela persistência! Acho que não teria forças para continuar, li até o inicio do quarto volume da série e acabei abandonando. Não tanto pelo volume - que também ajudou - mas eu realmente não me afeiçoei (mentira, me afeiçoei, mas todo mundo morreu HAUHAUAHUAAUH)

    Venha visitar o Castelo
    Att
    The Queen’s Castle, Ana P. Maia ♛
    http://booksandcrowns.blogspot.com.br/
    Ps.: Digno parceiro, peço desculpas pela ausência!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas minha rainha....a senhora não sabe que a primeira e mais valiosa regra de GOT é: "NUNCA SE APEGUE A UM PERSONAGEM!!"
      Hahahahahahahaha

      Excluir
  11. Oiee.
    Tenho mega curiosidade de ler algo do Martin, mas os livros que conheço dele todos são enormes, e não sei se terei paciência de ler um livro tão grande sendo que não é um gênero que eu leia com frequência.
    Por enquanto vou ficar só na curiosidade mesmo, quem sabe um dia ela cresça mais e eu me renda.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  12. Parece brincadeira mas nunca li nenhum livro do George R.R. Martin, e também ainda não vi a série. E, nem pretendo, pelo menos não enquanto não ler os livros pois eu acho que as séries de TV distorcem um pouco a história original, quase nunca sendo fiéis aos livros e termino ficando confusa. Não acho saudável fazer isso. Bom, não li a resenha profundamente para não pegar nenhum tipo de Spoiler mas pelo que já ouvi falar dessas livros, suponho que eles são incríveis. Apesar da perspectiva da guerra não ser muito atraente para mim, esse parecem ser aquela espécie de livros que você tem e deve abrir uma exceção. Só fico triste com a quantidade de páginas pois acho que isso torna a leitura um pouco tediosa e cansativa, mas terei que ler para dar uma opinião mais profunda.

    ResponderExcluir
  13. Confesso que nunca tive muito interesse em ler essa série. Talvez até eu esteja perdendo uma ótima leitura... Mas enfim...
    Acho que leria só se fosse emprestado ou algo assim. Mas não tenho vontade de adquirir.

    ResponderExcluir
  14. Oi Natalia!
    Acho perfeitamente compreensível. Os livros do Martin assustam qualquer um...a mim eu sei que assustam, rsrs.
    Tenho muita curiosidade de conferir a narrativa do autor, mas saber que a saga é composta de sete livros imensos me deixa apavorada!
    Me atrai principalmente a questão das estratégias e das lutas de poder. Quem sabe um dia eu venço o medo e arrisco? Não tenho dúvidas que a recompensa será tudo o que você disse :)
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o blog! Pois graças a ele, sabemos o que vem achando dos nossos posts. Se chegou até aqui para comentar, já agradecemos o seu carinho! Ah... E volte sempre! ♥