6 de maio de 2015

A Espada de Shannara por Terry Brooks

Autor: Terry Brooks
Editora: Saída de Emergência
ISBN: 9788567296135
Ano: 2015
Páginas: 544
Classificação: 
A Espada de Shannara - Há muito tempo as Grandes Guerras do Passado arruinaram o mundo. Vivendo no pacífico Vale Sombrio, o meio-elfo Shea Ohmsford pouco sabe sobre esses conflitos. Mas o Lorde Feiticeiro, que todos julgavam morto, planeja regressar e destruir o mundo para sempre. A única arma capaz de deter esse poder da escuridão é a Espada de Shannara, que pode ser usada somente por um herdeiro legítimo de Shannara. Shea é o último dessa linhagem e é sobre ele que repousam as esperanças de todas as raças. Por isso, quando um aterrorizante Portador da Caveira a serviço do mal voa até o Vale Sombrio, Shea sabe que começará a maior aventura da sua vida.

Terry Brooks surpreende fácil seu leitor com esta obra; não pelo enredo, mas sim por sua narração. Mesmo sendo um livro de fantasia épica, a narração foge de padrões geralmente encontrados em obras desse estilo, que é ser extremamente descritivo e arrastada, com grandes introduções e uma demora significativa para encontrarmos cenários de guerras e batalhas. Shannara vai contra tudo isso, e em poucas páginas, já sentimos a força e a inteligência dessa história.

Essa obra, mesmo tendo sido muito comparada com o famoso Senhor dos Anéis, consegue ser original, e mudar a forma de contar um história medieval. O universo que encontramos em A Espada de Shannara, não se trata de um passado, e sim de um futuro. O autor não nos poupa de explicações, para convencer ao seu leitor a encarar as 544 páginas desse livro, de como chegamos a tal presente. Como que uma história passada num futuro, pode ser tão pouco desenvolvida e tão segregada em questão das raças. Através de conversas, entre os principais personagens, toda a história daquele mundo, nos é contado e muito bem explicado. Terry Brooks, através de diálogos entre Allanon, Shea e Flick nos explica tudo, e agora eu explicarei a vocês:

O mundo que encontramos hoje no universo desse enredo, é fruto de muitas guerras causadas pela ganância dos homens. Há muitos anos atrás, o mundo era apenas habitado por humanos, e eles obtinham um conhecimento muito avançado. Chegaram a tal evolução que, nas Grandes Guerras, todos se destruíram, o mundo ruiu e o caos se instalou. Poucos sobreviveram e o mundo sofreu alterações grandes. A partir de tal momento, começaram a aparecer e surgir as novas raças, como: os anões, elfos, trolls, gnomos, montros, seres espirituais e etc. Que se dividiram e hoje ocupam o mundo, cada um com seu pedaço de terra.

Neste universo, acompanhamos a aventura de Shea Shannara, que é um metade elfo metade homem, que vive num vilarejo na terra dos humanos (me perdoem por não decorar os nomes de todos os lugares desse livro, é um mapa gigantesco e não estou com ele no momento rs), que vê sua vida mudar de uma hora para outra. Ele é adotado pela família Ohmsford, e sempre soube disso, o que ele apenas não sabia é que sua origem vinha da família Shannara; uma família herdeira do reino dos elfos. Quando Allanon (um viajante) chega ao vilarejo e revela essa história à Shea e a seu irmão Flick Ohmsford, os jovens perceberam que estariam em perigo, pois o Lorde Feiticeiro estava atrás de todos herdeiros de Shannara, pois eles eram os únicos capazes de erguer e usar a espada de Shannara, que era a única arma capaz de deter o poder desse terrível feiticeiro. Então os irmãos logo se vêem obrigados a deixarem sua vida para trás, e partir numa jornada para tentar livrar o mundo, de mais uma guerra que o Lorde Feiticeiro estaria se preparando para iniciar. Para ajudá-los nessa aventura, os jovens contam também com o príncipe Menion a chegarem em segurança a terra dos anões, onde procurariam ajuda e estariam em segurança dos poderes do Lorde. E no meio dessa jornada, outros personagens aparecem e ajudam a compor essa maravilhosa fantasia.

Neste livro encontramos um enredo bem complexo e muito bem estruturado, em nenhum momento o autor faz o seu leitor perder o interesse na história que está sendo contada. Sua narração mesmo que um pouco descritiva, é ágil e angustiante. Encontramos sempre umas aventuras e batalhas para darem uma movimentada. Demorei um pouco para terminar a leitura, pelas 544 páginas, e mesmo sendo uma história "fácil" de acompanhar, encontramos muitos nomes complicados rs, e muita informação importante lançada o tempo todo.
A Espada de Shannara é um livro que todo fã de fantasia épica, TEM QUE LER! Ele não peca em nenhum aspecto. Nenhum mesmo, fiquei bem impressionado e já quero as outros volumes.






11 comentários

  1. Oi Diego! Gostei da resenha, bem objetiva! Bom, eu sou muito fã de fantasia épica e já tinha ouvido falar desse livro outras vezes, alguns falando bem outros falando não tão bem assim. Essa inconstância das resenhas me fez adiar a leitura, bem como essa capa horrorosa, que me remete à histórias infantis apesar do tamanho do livro, e dá sinopse que na minha opinião não é muito atrativa pois parece confusa e cheia de clichês... ainda não sei se vou ler, talvez se eu tiver o livro em mãos facilite, mas por enquanto, acho que vou ficar aguardando o momento certo :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila, fico feliz que gostou da resenha =D ! Leia quando puder, é ótimo.

      Excluir
  2. O simples fato dessa fantasia se passar no futuro e não no passado já é bem original. Só isso já é motivo suficiente para ler a obra.
    Se levarmos em consideração que ainda possui uma narrativa boa e não arrastada, a vontade de ler o livro já aumenta.
    Excelente resenha e pretendo ler o livro futuramente.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  3. Sou amante dos livros de fantasia e eu tenho muitos em casa sem ler
    Já estava ansioso para ler.
    Agora, com sua resenha cheia de elogios, necessito urgentemente!
    Elfos *---*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se gosta de elfos, então leia urgente ! rs

      Excluir
  4. Oi Diego! Apesar de eu me interessar muito de livros que retratam uma distopia, esse não me interessou muito. Acho que o livro me passou uma má impressão por ter muitas observações, muito falatório e poucas ações, e é isso que gosto demais em livros do gênero, mas pela sua resenha vejo que o autor enrola um pouco nesses aspectos. A escrita pode ser rápida, mas não é fácil, achei muito difícil os nomes que ele usou para identificar alguns nomes, não que eu esteja julgando, mas eu meio que desanimo com livros assim, mas uma escrita que é pratica e rápida cai muito bem e poderia interessar muito mais as pessoas. Só acho!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Olha, quando li "Senhor dos Anéis", já fiquei com o pé atrás. Reconheço que o autor é um gênio por conta de todo o universo e seres que criou, mas as longas cenas descritivas demais me cansaram e acabaram fazendo com que eu largasse a leitura. Apenas vi os filmes. Adoro fantasia, mas não sei se lerei essa obra agora, porque ultimamente estou mais focadas em outros tipos de narrativas. Sua resenha está ótima e me deixou mais ciente do que é abordado. Valeu pela dica!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Saudações Lorde Diego,
    Esse livro está na estante me encarando há algumas semanas. Acho que ele acabou me ganhar meu interesse huahauhauaha passarei na frente de todos os outros agora!
    Resenha extremamente bem feita!

    Venha visitar o Castelo
    Att
    Ana P. Maia ♛
    The Queens Castle

    Ps.: Digno parceiro, peço gentilmente que confira vosso e-mail a fim de revalidar nossa parceria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigado Ana ! Leia, você não irá se arrepender...

      Excluir
  7. Diego!
    Ganhei esse livro ano passado, mas justamente por demandar muita atenção por causa dos detalhes, ainda não dei início a leitura...
    Gosto de fantasias épicas que envolvem toda uma hierarquia de reinos, clãs, etc e espero em breve poder estar no clima para encarar a leitura.
    Gostei demais da forma como analisou o livro.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não sou muito fã de fantasias (desde que assisti história sem fim), mas gostei dessa história, acho que é diferente das que conheço. Vou tentar ler sim.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o blog! Pois graças a ele, sabemos o que vem achando dos nossos posts. Se chegou até aqui para comentar, já agradecemos o seu carinho! Ah... E volte sempre! ♥