20 de junho de 2016

Dicas de Viagem - Holanda

Oi oi gente... Voltei! Pois é! Estive longe do blog por vinte dias, mas vocês ficaram em boas mãos com as postagens incríveis que a Kathy fez pra vocês. E durante estes vinte dias estive na Europa - Lugar que mais amo nesse mundo - revisitando lugares que já conhecia e conhecendo lugares novos.

No post de hoje, vou mostrar os lugares que tive a alegria de conhecer na Holanda além de Amsterdam (que já conhecia). Espero que gostem e que sirva de inspiração para que vocês também visitem.

Afsluitdijk

Afsluitdijk - O Afsluitdijk é um dique gigante que liga o norte da Holanda do Norte com a província da Frísia, fechando o lago IJsselmeer e separando-o do Mar de Wadden.

Giethoorn - conhecida como a "Veneza do Norte" ou "Veneza dos Países Baixos", é uma das cidades nos Países Baixos onde a circulação de carros foi proibida.

Giethoorn - Tornou-se famosa, especialmente depois de 1958, quando o cineasta holandês Bert Haanstra fez a comédia Fanfare lá. Por causa disso, Giethoorn é uma atração turística conhecida internacionalmente.

Giethoorn - Na parte velha da vila, não há ruas e sim vias para uso de bicicletas, e todo o transporte é feito sobre a água dos vários canais da cidade.

video
Giethoorn - Um vídeo que fiz mostrando um pouquinho de todo esse encanto!

Inclusive, o Catraca Livre fez um post falando desse lugar mágico. Para conferir, inclusive ver mais fotos, basta clicar aqui.

Nijmegen - é um município e uma cidade na província da Guéldria, no leste dos Países Baixos, próximo à fronteira com a Alemanha.

Nijmegen - É considerada a cidade mais antiga do país e comemorou o seu 2000º aniversário em 2005.

Nijmegen - Tão holandês!!! <3

Nijmegen

Nijmegen

Kinderdijk - É a maior concentração de moinhos antigos da Holanda. São 19 no total, todos construídos no século XVIII. O cenário é de tirar o fôlego e a área é Patrimônio da Humanidade pela Unesco.
Kinderdijk - Os moinhos foram construídos para evitar as inundações frequentes, já que a região fica abaixo do nível do mar. Numa linguagem bem simples, os moinhos utilizam a força do vento para retirar a água e drenar o solo. Para manter a terra livre de inundações, além dos moinhos, existe um sistema de diques, represas e canais para coleta da água.

Kinderdijk - Atualmente, os moinhos foram substituídos por um sistema automatizado de bombeamento de água. No entanto, os moinhos se encontram em boas condições de uso e alguns poucos ainda funcionam. Outra curiosidade é que famílias responsáveis pela conservação e manutenção dos moinhos, até hoje, residem dentro deles.

Kinderdijk

Dordrecht - É a quarta cidade da província neerlandesa da Holanda do Sul.

Dordrecht - Ocupa toda a Ilha de Dordrecht, formada por rios, lagos e ribeiras.

Dordrecht

Dordrecht

Dordrecht
Abaixo, a minha história de amor com Amsterdam. Afinal, já tive a felicidade e prazer de estar em Amsterdam por 3 anos seguidos. A primeira vez na minha Eurotrip em 2014, novamente em 2015 para o King's day e em 2016 mais uma vez. É ou não é muito amor? S2
Amsterdam - Sem sombra de dúvidas um dos lugares que mais amo na Europa e ainda o lugar que mais amo na Holanda! Eu e minha amiga Paola.

(Viagem feita em 2014) - Canais de Amsterdam S2

(Viagem feita em 2014)

(Viagem feita em 2014)

(Viagem feita em 2014)

(Viagem feita em 2014) - Canais de Amsterdam 

(Viagem feita em 2014) - Como não se apaixonar por esses canais?

(Viagem feita em 2014) - Casa da Anne Frank
(Viagem feita em 2014) - Casa de Anne Frank 



(Viagem feita em 2014)

(Viagem feita em 2014) - Me perdi, e muito andando nesses "Trams" (como são chamados). Não é a toa que Amsterdam é considerada uma das cidades mais difíceis de se locomover, não devido a falta de transportes, pelo contrário, afinal, o que mais se tem em Amsterdam são meios de transporte e com qualidade, mas por ser difícil de se encontrar mesmo, justamente por conta da enorme quantidade de "trams", trens, bondes e etc. Fui parar em todos os lugares que eu não estava programando, menos nos que eu havia me programado, já que sempre pegava o "Tram" errado rs...

(Viagem feita em 2014) - Amsterdam é famosa pela enorme quantidade de bicicletas e é o centro mundial delas. Quase todas as ruas principais têm vias para ciclistas, e é possível deixar a bicicleta em qualquer lugar. Em Amsterdam, existem ao redor de 700 000 ciclistas (750 000 habitantes). Cerca de 60% dos movimentos pelo centro da cidade são feitos usando bicicleta e 38% na generalidade da cidade. Impressionante, não é?

(Viagem feita em 2014) - Amsterdam e sua famosa "fama" com drogas. Tive que fotografar uma lojinha toda especializada em vender tudo com maconha rs
(Viagem feita em 2015). Em Amsterdam para o King's Day. Talvez o Dia do Rei (King's Day) seja a melhor festa da Holanda. Em 27 de abril, é comemorado o aniversário do rei Guilherme Alexandre com música, festas de rua, mercados de pulgas e parques de diversões. O próprio rei viaja pelo país com sua família. Na noite anterior ao Dia do Rei, a Noite do Rei é comemorada com shows musicais em Haia e em outras cidades e com o maior mercado de pulgas da nação (ou ‘mercado livre’) em Utrecht.

(Viagem feita em 2016) - Museu de Van Gogh - Super ultra mega recomendável. 17 euros para entrar, mas vale cada centavo. Para os fãs desse artista esplêndido ou até mesmo para quem não conhece muito bem seu trabalho, vale muito  a pena.

Um comentário

  1. Que lindo o seu post, curti cada foto, cada detalhe, adorei saber sobre os moinhos, super bacana! Que legal saber que não tem carros por lá, mas achei tenso ter que andar de barco rsrsrs
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o blog! Pois graças a ele, sabemos o que vem achando dos nossos posts. Se chegou até aqui para comentar, já agradecemos o seu carinho! Ah... E volte sempre! ♥