30 de outubro de 2017

PROVENCE POR BRIDGET ASHER

Autor(a): Bridget Asher
ISBN: 9788581637600
Editora: Novo Conceito
Ano: 2017
Número de Páginas: 368
Classificação:       
“Eis uma forma de colocar a questão: a perda é uma história de amor contada de trás para frente... Toda boa história de amor guarda outra história de amor escondida dentro dela.”A vida de Heidi com o fi lho tornou-se um jogo para manter viva a memória de Henry, bom pai e marido exemplar. Manter uma vida normal em um mundo em que Henry não existe mais está cada dia mais difícil. Heidi precisa lidar com o fi lho que se tornou um verdadeiro maníaco por limpeza e com a sobrinha Charlotte, uma adolescente problemática.Uma casa em Provence, na França, que pertence à família de Heidi há gerações, é rica em histórias de amor e surpreendentes coincidências. Heidi e sua irmã mais velha, Elysius, passavam os verões lá quando crianças, junto com a mãe. A casa, as lembranças e os segredos de Provence haviam fi cado para trás, mas agora, com o incêndio que atingiu a propriedade, a casa precisa ser salva por Heidi. Ou será que é Heidi quem precisa ser salva pela casa? Uma história de recomeço, amor e esperança perante a perda, em que uma pequena casa na zona rural do sul da França parece ser a responsável por curar corações partidos há anos.

Esse livro literalmente foi julgado pela capa (embora mamãe tenha me ensinado que isso é muito feio de se fazer) e acreditem, eu não estava errada: ele é lindo! Ficou curioso? Vem que eu te conto.

Tenho verdadeira paixão por ler livros que se passem em locais que eu conheça. Claro que a maioria a gente conhece de ter ouvido falar, mas me refiro a conhecer mesmo. Poder "voltar" a esses lugares através da história de alguém e sentir um pouquinho da minha história ali também, isso me fascina. Ao ver a capa desse livro eu pensei que tratava-se de um livro sobre o lugar "Provence", não tinha percebido que era um romance, e dentro da livraria quando eu comecei a folheá-lo tive uma grata surpresa ao perceber que não era um livro recomendando um passeio ao lugar (não seria de todo ruim) mas que eu tinha em minhas mãos uma historia que se desenrolaria em um lugar incrível, o que me fez ficar em pé lendo dentro da livraria. Tive que deixa-lo para continuar meus compromissos e que sorte a minha, logo depois recebemos o livro do nosso parceiro!!!

A história começa com Heidi se arrumando para ir ao casamento de sua irmã. Poderia ser um momento muito feliz não fosse o luto que ainda permanece na vida de Heidi pois ela ficou viúva dois anos antes. Mesmo lutando com toda sua dor, Heidi faz de tudo para estar presente, afinal é o casamento de sua única irmã.

No casamento de sua irmã ela descobre por sua mãe que a casa de Provence pegou fogo na cozinha. Essa casa, em Provence, é conhecida por todos como sendo mágica, construída como prova de um amor verdadeiro e capaz de curar qualquer dor. Sua mãe precisa que alguém vá para a casa cuidar da reforma, e apesar de um pouco contrariada, ela parte com seu filho Abbot, de sete anos e sua "meio sobrinha" Charlotte, de dezesseis anos, para a pequena aldeia de Puyloubier, no sul França.

Podemos dividir o livro em duas partes: na primeira conhecemos os personagens, a história de Heidi e seu filho Abbot. A morte de seu marido em um acidente, como eles lidam com o luto, o transtorno obsessivo compulsivo com limpeza que Abbot desenvolveu após a morte de seu pai, o distanciamento que eles passam a ter de outras pessoas pois o luto faz com que Heidi queira preservar a memória de seu falecido marido construindo uma bolha separando-os do mundo. Eu pude sentir a dor de Heidi, pude sofrer seu luto... a autora conseguiu me fazer estar ali, com a personagem e dentro da personagem.

A ida de Heidi para a casa na Provence pode ser dita como a segunda parte da história. Assim como durante a infância Heidi e sua irmã viveram momentos únicos naquela casa, Charlotte e Abbot iniciam uma viagem que passa pelo amor, pela dor, pela alegria e até pela deliciosa comida da Provence. Temos o "aparecimento" de novos e importantes personagens: uma vizinha que conhece todos os segredos da família e de um francês enigmático.

Aqui eu não posso dar muitos detalhes, mas passamos pelo processo de descoberta de Heidi como pessoa e como Charlotte, mesmo sendo apenas umas adolescente, é muito importante nesse processo.

A história é linda se vocês tiverem a oportunidade não deixem de ler! 
Alguns detalhes a mais:

No final do livro temos algumas receitinhas para testar! huuuuuum
O livro não é divido em capítulos, nem em duas partes oficialmente, mas dá pra perceber claramente o final de um e o início do outro.

"Não era um casamento. Era amor. Algumas pessoas conseguem um ou outro. Já outras conseguem os dois ao mesmo tempo."

Nenhum comentário

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o blog! Pois graças a ele, sabemos o que vem achando dos nossos posts. Se chegou até aqui para comentar, já agradecemos o seu carinho! Ah... E volte sempre! ♥