14 de agosto de 2017

Minha viagem para a Croácia no Verão...

E depois de um tempinho sumida eis que estou de volta! Mas antes quero que saibam que tem um motivo bom para esse sumiço todo: Durante todo o mês de julho estive na Europa vivendo o melhor verão da minha vida (digo isso sem medo desta afirmação) e por conta disto o blog ficou sem posts. Mas a boa notícia é que agora irei dividir com vocês todo o meu roteiro e todo o meu sonho de verão com muitas festas, praias, mais festas e mais praias rs...

Decidi iniciar as postagens desta minha última eurotrip falando da Croácia por ter sido o local que eu passei mais tempo. Foram 12 dias no total que ficaram divididos da seguinte forma:

Cheguei na Croácia por Dubrovnik. Uma cidade com pouco mais de 40 mil habitantes, mas o que não falta são opções quando a dúvida é o que fazer por lá. Não é à toa que é a cidade mais visitada da Croácia, e como se trata de um lugar que ainda carrega traços medievais, acaba também servindo de cenário para as gravações da maravilhosa e esplêndida série Game Of Thrones. Eu sou absolutamente louca por esta série, logo já dá para imaginar que fiquei que nem pinto no lixo, pois além da cidade ser lindíssima, pude estar nos exatos locais que algumas cenas super marcantes da série foram filmadas. A alegria era tanta que deu até uma vontade de chorar (sou chorona rs) e costumo chorar de alegria com certa frequência rs. Detalhes pessoais a parte, vamos entrar em alguns outros detalhes mais importantes... Lá, eu e meus amigos ficamos hospedados em um apartamento que achamos no booking.com e a localização era de encher os olhos. Tínhamos toda a visão da Cidade Velha - A Velha Dubrovnik é uma cidade medieval amuralhada, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. É no cenário formado por suas ruas e casas de pedra que acontece todo o burburinho da cidade. São dezenas de lojas, restaurantes, bares, museus e igrejas. Além de estarmos a cinco minutos de distância a pé.

Antes de escolher o local para ficarmos hospedados por lá, pesquisei bastante sobre onde seria legal ficar, e noventa e nove porcento dos blogs diziam que o ideal era ficar hospedado fora da Cidade Velha mas perto o bastante dela, por se tratar de um lugar bem complicado para os viajantes que chegam cheios de mala devido a estrutura das ruas e pela infinidade de escadarias (e haja escadaria!). As vezes precisávamos parar no meio da subida por que era um tanto tenso rs. Logo, com esta informação, achamos este apartamento maravilhoso, com um conforto incrível e mais perto da Cidade Velha impossível!

A foto abaixo foi tirada da sacada do AP que ficamos hospedados com a Cidade Velha ao fundo...


Entrada da Cidade Velha

Nas ruas da Cidade Velha

E mais uma vez, só que em um outro ponto

Este foi um dos momentos mais emocionantes da minha vida ever e vou lhes dizer o porquê: Esta é nada mais, nada menos do que a escadaria em que a personagem Cersei de GoT iniciou sua travessia de vergonha completamente nua. Siiiimmmm minha gente, foi nesta mesmíssima escadaria que a cena foi filmada e eu não me aguentaaava de emoção rs.  

Praia de Dubrovnik

Este é o ingresso para acessar as muralhas que foram construídas principalmente entre os séculos XV e XVI, pois alguns trechos das muralhas já haviam sido erguidos séculos antes. Com até 25m de altura em alguns pontos, hoje elas cercam toda a Velha Dubrovnik num percurso de cerca de 2km. E uma das grandes atrações da cidade é subir nessas muralhas e caminhar sobre elas numa volta completa, vendo de cima o Mar Adriático, as ruas e casas de pedras, passando por torres e fortes. 

Visão da muralha

Visão da muralha

Visão da muralha

Visão da muralha

Visão da muralha

Visão da muralha - Porto de Kolorina

Visão da muralha - Este é o Porto de Kolorina, local que foi usado para filmar os momentos em que Sansa costumava sentar para escutar Mindinho, que fica localizado entre a cidade murada e o Forte Lovrijenac

Visão da muralha - Porto de Kolorina

Visão do alto da cidade - Para chegar lá, basta pegar um bondinho bem parecido com o que temos aqui no RJ que te leva até o ponto mais alto da cidade e te dá essa visão privilegiada

Visão do restaurante Panorama. Restaurante com um clima delicioso que você pode apreciar não só uma comida maravilhosa, mas essa visão lindíssima assim que você chega na parte mais alta da cidade através do bondinho 

Logo depois de Dubrovnik, fomos para Split, cidade que daria início ao evento que mais estávamos aguardando: o The Yatch Week.

No caminho para Split, paramos propositalmente para ver a pedra Kamen Brela na cidade de Brela. O símbolo da cidade é a Kamen Brela (Balanço de Brela), uma ilhota rochosa. É difícil entender como uma rocha tão grande com uma árvore no centro está localizada bem próxima à costa. Lindo de se ver!

Voltando a falar do The Yatch Week, para quem não conhece, é um evento que ocorre na Croácia todos os anos no verão, onde você e um grupo de amigos (ou desconhecidos que se tornarão seus amigos lá com toda certeza) alugam um Yatch (cabe a vocês escolherem os modelos - dos mais luxuosos aos mais básicos). Uma vez com o yatch alugado (todo o pagamento é feito através do próprio site oficial do evento que você pode conferir clicando aqui) lhe é designado um skipper (jeito mais cool de chamar o capitão do barco) que a cada dia te levará para várias ilhas diferentes e uma vez nestas ilhas, você tem acesso as festas. Existem as festas que rolam nas ilhas que você tem que pagar para entrar como qualquer outra pessoa e as festas que o próprio evento promove exclusivamente para quem está participando do The Yatch Week. Para velejar pela croácia neste período, é possível escolher entre duas rotas: a tradicional e a do Ultra. Eu e meus amigos escolhemos a rota do Ultra, pois o valor que pagaríamos do aluguel do Yatch já estava incluso os ingressos para os dois dias de Ultra Europe (siimmmmm meu povo, eu fui para o Ultra Europe). Mais uma emoção que não cabia dentro de mim rs. Ah! Para quem não sabe do que se trata o Ultra Europe, é um dos maiores festivais de música eletrônica da Europa.

O grupo todo no Yatch que escolhemos
Nossas bandeiras estiadas - Sim, nossa bandeira do Brasil era diferenciada hahahaha... A outra é a da Austrália, pois o nosso skipper era australiano

Todos os Yatchs atracados
Vivendo o sonho do verão europeu

O The Yatch Week acontece por uma semana completa e durante todos estes dias você fica hospedado no próprio yatch. Você dorme nele, come nele e toma banho nele as vezes (digo as vezes, pois a maioria das ilhas que atracávamos possuía um local com banheiros bem estruturados com chuveiros para que todos pudessem tomar um banho descente rs). Nos dois primeiros dias ficamos atracados em Split, pois o Ultra acontece lá. No primeiro dia só chegamos no barco a tempo de deixarmos as nossas malas e as compras do mercado e já saímos para o nosso primeiro dia de Ultra Europe. Um dos eventos mais incríveis e insanos que tive o prazer de estar. Nem preciso dizer que só chegamos de manhã, dormimos, descansamos um pouco e partimos de novo para o nosso segundo dia de Ultra Europe (e haja disposição - e tínhamos muita diga-se de passagem rs).


Por mais que a foto não esteja na melhor qualidade, a nossa cara de felicidade já expressa toda a energia do evento

Se eu estava feliz? Eu seria capaz de explodir de tanta felicidade!


Somente a partir do terceiro dia que saímos com o barco e começamos a nossa aventura pelas outras ilhas, conhecendo um lugar mais lindo do que o outro, com festas mais loucas do que as outras... E isso foi incrível!

Esse é um dos momentos incríveis em que os Yatchs atracam todos juntos no meio do mar para que possamos ficar no meio deles com nossas boias interagindo com as pessoas dos outros barcos. Este "evento" entre os yatchs aconteceram duas vezes. 

Nosso skipper rs
Foi uma vida bem mais ou menos viu...
Todas nós estávamos com o mesmo maiô devido a um "evento" que ocorre em um dos dias do The Yatch Week. A ideia é os yatchs competirem entre si e quem chegasse primeiro na ilha ganhava prêmios ao chegar lá, como bebidas de graça. E para que a competição tivesse um quê a mais, todas as pessoas do barco usavam algo como um "uniforme". Afinal, como se compete sem um uniforme não é mesmo? Como no nosso barco éramos todos brasileiros(as), nada mais justo do que as meninas representarem bem o Brasil com esse dizer no maiô, não é mesmo?

Alma brasileira sim!

Restaurante lindíssimo com uma vista lindíssima em uma das ilhas que atracamos

Você não precisa ser perfeito para ser maravilhoso. A mais pura verdade =)

Carpe Diem - Uma das boates mais incríveis com uma das vibes mais marcantes em que estivemos
Logo após o The Yatch Week terminar, fomos conhecer: Plitvice Lakes National Park. Uma das atrações mais visitadas da Croácia e também integrante da lista de Patrimônio Mundial da UNESCO, com seus 16 lagos que são conectados por cachoeiras e que possuem uma coloração azul intensa, de encher os olhos.














Depois de Plitvice fomos para Zagreb, uma outra cidade da Croácia. Porém, no caminho para Zagreb tivemos a felicidade de passar pela Eslovênia e claro que não perdemos a chance de conhecê-la. Mas ficamos tão encantados pelo lugar que estávamos na Eslovênia que acabamos passando o dia inteiro lá e chegamos já a noite em Zagreb. Como no dia seguinte já tínhamos um voo para Amsterdam não tivemos tempo para conhecê-la, mas estávamos muito felizes por ter conhecido um lugar tão encantador como a Eslovênia. 

E é assim que a minha viagem pela Croácia aconteceu e marcou a minha vida para sempre. Eu gostaria que fosse possível passar toda a emoção de tudo o que vi e vivi lá através deste post, mas sei que é só um centésimo dela. Afinal, nem tudo dá para fotografar ou filmar. Até dá, mas não é a mesma coisa. Logo, quando você está lá, você apenas admira, observa, sente e absorve toda aquela energia linda para a sua alma. Mas espero ter conseguido passar pelo menos um pouquinho de todo o encantamento que passei quando estivesse todos esses dias na Croácia. 

Continuem acompanhando o blog, pois ainda virão posts sobre: Londres, Bath, Ibiza (ahhhhhh Ibiza!), Roma, Eslovênia e Bélgica (Tomorrowland). Sim minha gente, fui para todos estes lugares nas minhas férias (acho que talvez agora esteja explicado por que tive o melhor verão da minha vida não é mesmo? rs) além de Amsterdam pela quarta vez rs. Mas como já fiz um post sobre a minha viagem à Holanda que você pode conferir clicando aqui não vou falar sobre ela novamente.

Então eu fico por aqui. Espero que tenham curtido as dicas e as fotos. Se quero voltar para a Croácia? Isso sem sombra de dúvidas e os planos para o ano que vem já estão a todo vapor. 

Um beijo e até o próximo post...

Nenhum comentário

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o blog! Pois graças a ele, sabemos o que vem achando dos nossos posts. Se chegou até aqui para comentar, já agradecemos o seu carinho! Ah... E volte sempre! ♥